Obras de escritoras brasileiras são analisadas em ciclos de leitura; inscrição é gratuita
23/11/2022 - 16:47

Conceição Evaristo, Maria Fernanda Maglio, Ana Martins Marques e Hilda Hilst. Estas são algumas das escritoras brasileiras analisadas no projeto “Literatura na Rede: ações de incentivo à leitura”. Os ciclos acontecem entre 28 de novembro e 16 de dezembro, e estão com inscrições abertas. A ação tem como objetivo facilitar o acesso ao conhecimento, por meio da promoção e do estímulo à leitura e ao exercício do debate literário. Os encontros serão transmitidos ao vivo pela plataforma Google Meet. Será disponibilizado também certificado de horas complementares aos inscritos que obtiverem no mínimo 70% de frequência nos encontros online. Confira a programação:

Primeiro ciclo
Os primeiros encontros serão realizados entre os dias 28 de novembro a 2 de dezembro, das 14h às 15h. O principal tema abordado será "autoras brasileiras contemporâneas", como Conceição Evaristo, Jarid Arraes, Maria Fernanda Maglio, Ana Martins Marques e Tatiana Pequeno. A coordenação fica sob a responsabilidade da mediadora Diamila Medeiros.

Segundo ciclo
Os demais encontros serão realizados entre os dias 12 a 16 de dezembro, sempre das 19h30 às 20h30. A proposta desse ciclo envolve a leitura de contos e poemas da escritora brasileira Hilda Hilst, considerada por críticos como uma das maiores escritoras da língua portuguesa no século XX. “Ode Fragmentária” (1961); “Fluxo-floema” (1970); “Júbilo, memória, noviciado da paixão” (1974); “Da morte; Odes mínimas” (1980); “A obscena Senhora D” (1982); “Bufólicas” (1992) e “Rútilo Nada” (1993) são algumas das obras da paulista que serão abordadas ao decorrer dos encontros.

Ações presenciais
Além da programação online, diversas atrações gratuitas serão promovidas na capital paranaense, visando atingir públicos de todas as idades. Estão previstas 180 Rodas de Leitura para jovens a partir de 13 anos; 100 Contações de Histórias para crianças de até 12 anos; 3 Laboratórios de Leitura; 4 Saraus de Histórias para todas as idades; 4 Ciclos de Leitura Virtuais para público a partir de 16 anos; 1 Oficina Virtual de Bonecos; 10 vídeos de Leitura Compartilhada e 10 Podcasts de contação de histórias em bibliotecas públicas, casas de leitura, escolas municipais, colégios estaduais e instituições sociais de Curitiba (CRAS, CREAS, CAPS, CATI) entre novembro de 2022 a setembro de 2023. Segundo a idealizadora Lilyan de Souza, serão doados aproximadamente 100 livros de literatura, além de ônibus gratuitos que serão disponibilizados para levar o público de instituições sociais até os locais dos Saraus de Histórias, contando também com uma intérprete de libras durante essas atividades.

Também participarão dessas ações o coordenador do projeto, contador de histórias e ministrante da Oficina de Bonecos, Lucas Mattana; os mediadores de leitura e ministrante dos Laboratórios de Leitura, Ali Freyer e Fabiane de Cezaro; o mediador de leitura e contador de histórias, Cristiano Nagel; os mediadores de leitura Iamni Reche Bezerra, Letícia Guazzelli e Rodrigo Hayalla; o contador de histórias Rafael Di Lari; e também a "Inominável Companhia de Teatro", responsável pelos Saraus de Histórias, podcasts e vídeos de leitura compartilhada. O projeto é subsidiado pela Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba.

Últimas Notícias